Artigos

NASCE A ASSOCIAÇÃO STOP IDADISMO

A Associação Stop Idadismo nasce com o objetivo de combater os estereótipos (como pensamos), os preconceitos (como nos sentimos) e a discriminação (como agimos) direcionados às pessoas com base na idade que têm.

Após o surgimento do movimento #StopIdadismo, em 30 de abril de 2021, nasce agora a Associação Stop Idadismo. Foram eleitos, no dia 27/06/2022, os órgãos sociais: Assembleia Geral: Presidente – Samuel Barros, Secretária – Sara Calhau, Secretário – Jorge Pereira. Direção: Presidente – José Carreira, Vice-Presidente – Bruno Esteves, Vice-Presidente – Ricardo Bordón, Tesoureira – Susana Andrade, Secretária – Sílvia Triboni, Vogal – Nuno Peixoto, Vogal – Mauro Oliveira. Conselho Fiscal: Presidente – José Pedro Gomes, Vice-Presidente – Alexandra Meneses, Vogal – Ricardo Costa, Vogal – Marlene Seco, Vogal – Rodrigo Saraiva.

José Carreira considera que “foi uma evolução natural que juntou a vontade de várias pessoas, de diversos pontos do país, incluindo os Açores, com os mesmos objetivos: aumentar a consciencialização sobre a natureza, o impacto e os fatores determinantes do idadismo, dirigidos tanto aos mais jovens como às pessoas idosas; chamar a atenção para a necessidade de prevenir o Idadismo; promover e proteger a plena efetivação dos direitos humanos para todas as pessoas; apresentar estratégias de intervenção eficazes e alertar para a necessidade urgente de serem adotadas medidas por parte dos governos, da sociedade civil, do setor privado e dos indivíduos de todas as idades.”

A primeira ação prática é a participação, no dia 29/06/2022, no Seminário “Dia Internacional de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa – Etarismo no Brasil”[1], promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados.

Para mais informações, consulte o site: www.stopidadismo.pt

Contacto: info@stopidadismo.pt

[1] https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/65196

206 views

Comments are closed.

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail